A IMPORTÂNCIA DOS CUIDADOS PALIATIVOS NA ABORDAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO

Autores

  • Matheus Rodrigues Nóbrega
  • Giovanni Dela Bianca de Ataide
  • Maria Gabriela Gondim Gomes
  • Larissa Aquino Pinheiro
  • José Alencar de Sousa Segundo
  • Rachel Cavalcanti Fonseca

DOI:

https://doi.org/10.35572/rsc.v8i2.35

Palavras-chave:

Dor do câncer; Cuidados paliativos; Qualidade de vida; Oncologia.

Resumo

Introdução: Com o advento da medicina moderna surgiu os cuidados paliativos, como mecanismos de promoção da qualidade de vida no contexto da terminalidade da vida. Essa ferramenta surgiu inicialmente para a atenção ao paciente oncológico e se difundiu posteriormente, para outras áreas. O câncer é uma doença crônica que provoca um impacto para a saúde pública e um grande impacto biopsicossocial ao paciente e seus familiares, por isso, é fundamental a atuação da medicina paliativa. Objetivo: Detectar a relevância dos cuidados paliativos como ferramenta da abordagem multidisciplinar ao paciente oncológico. Métodos: Esta pesquisa é uma revisão de literatura baseada em bibliografias que registraram os cuidados paliativos como ferramenta de atenção ao paciente oncológico. Realizou-se uma seleção sistemática por trabalhos publicados nos serviços Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), PubMed/MEDLINE e SciELO, com a utilização de palavras-chave: Cuidados Paliativos e Oncologia. Não houve restrição linguística. Resultados: Foi visto que a aproximação ao paciente oncológico sob a ótica dos cuidados paliativos requer uma atenção multiprofissional, uma vez que o cuidado acontece de forma holística. De outra forma, percebemos a importância que esse atendimento propõe ao prognóstico do doente, visto que as relações psicossociais, espirituais e físicas são determinantes nesse processo. Conclusão: A partir do levantamento feito, percebeu-se que é essencial essa abordagem integral ao paciente oncológico. No entanto, isso ainda não ocorre de forma efetiva no Brasil, desse modo, nos cabe o papel de discutir e promover esse cuidado como forma de atenção à saúde nos meios científicos e práticos.

Publicado

2019-08-30

Edição

Seção

Seção Temática Multidisciplinar sobre o Câncer